Posts Tagged ‘Mistura’

A Declaração de Lima

Tuesday, September 20th, 2011

Meu primeiro post no Brasil. Com um certo lamento pelo atraso, já que eu cheguei a mais de um mês e nos poucos momentos que pude sentar e escrever, nao o fiz… Mas, de qualquer forma, escrevo com entusiasmo!

Estive recentemente em Lima, participando do evento Misturas. Com certeza o evento mais importante de Peru, país que tem como maior orgulho, a gastronomia.

Nesta edição, estava reunido o grupo dos cozinheiros mais influentes do mundo conhecido como G9 (Alex Atala representando Brasil, Dan Barber pelos EUA, Gastón Acurio Peruano, Heston Blumenthal inglês, Massimo Bottura italiano, Michel Bra françês, René Redzepi dinamarquês, Yukio Hattori japones e Ferran Adriá espanhol como presidente). Este grupo foi montado em San Sebastian, no país basco, onde sediou sua primeira convenção ano passado.

Esquerda para a direita, de cima para baixo: Dan Barber (EUA), Yukio Hattori (Japão), Michel Bra (França), Ferran Adriá (Espanha), Gastón Acurio (Peru), José M. Aizega, René Redzepi (Dinamarca), Alex Atala (Brasil), Massimo Bottura (Itália)

O grande fruto desta reunião foi a Carta Aberta aos Cozinheiros do Amanhã, um manifesto conhecido como A Declaração de Lima. Nele, os chefs passam uma bela mensagem aos novos cozinheiros em relação a preservação de culturas, preservação do meio ambiente e manutenção de valores sócio-economicos.

A declaração reafirma que a profissão de cozinheiro vai muito mais além do que uma mera prestação de serviço, ela envolve vertentes que influenciam ativamente no meio em que ele está envolvido. Um exemplo óbvio e simples é a opçao que um cozinheiro tem de trabalhar com um produto local, cultivado por um produtor local, incentivando a conservação e produção desse produto e fornecendo uma renda para esse agricultor e sua família, ou entao usar um produto de uma multinacional, como a soja, que incentiva a massificação desse produto, o desmatamento de áreas naturais para plantio, e o enriquecimento ainda maior dessa corporação.

Essas reflexões eu faço com respeito a cozinha, por ser meu meio, mas são reflexões que podem se aplicar em qualquer profissão. Uma vez que começamos a enxergar a imagem como um todo, podemos melhorar a vida de muitos, contribuir para um mundo melhor e mais sustentável, melhorando a nossa vida também.

Consideramos que a cozinha é algo mais que a resposta humana à necessidade de alimentar-se, é mais que a busca da felicidade. A cozinha é um poderoso instrumento de transformação e pode alterar a alimentação do mundo, graças ao trabalho conjunto entre os cozinheiros, produtores e comensais.”
A Declaração de Lima

 

Mistura. Pelos olhos da Folha de Sao Paulo